Desobsessão


TRATAMENTO ESPIRITUAL

O tratamento de desobsessão começa no Diálogo Fraterno, que atende a todos que desejem conversar, contar, desabafar ou perguntar a respeito de qualquer tema sob a visão do Espiritismo. O diálogo é individual e sigiloso. Se a pessoa com dificuldades emocionais e/ou espirituais estiver impedida de comparecer pessoalmente, um familiar ou amigo próximo poderá ser o seu intermediário, repassando as dificuldades existentes, em busca de auxílio.

O atendente fraterno está capacitado para orientar e encaminhar para o tratamento espiritual mais adequado a cada caso: Evangelhoterapia, palestras, passes, estudo da Doutrina e/ou da mediunidade, tratamento pelo Magnetismo, encaminhamento do nome para a desobsessão, etc..

Nos casos em que haja suspeita de obsessão espiritual, o atendente fraterno preencherá uma ficha com o nome, idade e resumo do caso, encaminhando-a à desobsessão. O paciente não participa das reuniões de desobsessão presencialmente.

A partir do Diálogo Fraterno, o paciente deverá fazer leituras edificantes, afastar pensamentos e sentimentos negativos (mágoa, rancor, maledicência, inveja, ciúme, críticas negativas, ideias frívolas), ocupar seu tempo com trabalhos no bem, fazer oração pedindo força e amparo para sua mudança de hábitos e irradiar perdão aos que lhe desejem o mal, sejam estes encarnados ou desencarnados.

O tratamento pelo Magnetismo complementa o trabalho de desobsessão, pois harmoniza e renova as energias em torno da pessoa e deve ser seguido regularmente.

O Espiritismo não faz milagres e sim ensina como as leis espirituais funcionam e como poderemos usá-las em nosso proveito.